Nossos Artigos

Notícias agradáveis


É muito bom ouvir notícias boas. Dificilmente as redes de comunicação focam em boas notícias, afinal o infortúnio alheio é mais comovente para muitas pessoas.
Mas mudando o foco, seguem notícias para fazer seu dia melhor:

***Dono de cervejaria morre e deixa R$ 8 mi para cada morador de vila natal

Antonino Fernández, fundador da cerveja Corona, nasceu no local em 1917. Ele era pobre e foi forçado a deixar a escola aos 14 anos. Aos 32 anos, ele emigrou para o México e virou presidente de uma das maiores cervejarias locais.
Mesmo assim, o empresário nunca se esqueceu das suas origens. Nem na hora da morte.
Em agosto, aos 99 anos, Fernández morreu, mas deixou em seu testamento cerca de R$ 710 milhões para dividir entre os moradores de sua terra natal. Um centro cultural também será erguido no vilarejo com o dinheiro do cervejeiro.

***Francês herda casa e encontra 100 quilos de ouro escondidos no imóvel

Um francês herdou uma casa em Évreux, cerca de 100 quilômetros de Paris, e encontrou nela um total de 100 quilos de ouro escondidos sob os móveis, no banheiro e em uma caixa de uísque, informou nesta terça-feira a imprensa local.
Os 100 quilos, cujo valor foi estimado em 3,5 milhões de euros, estavam distribuídos em duas barras de ouro de 12 quilos cada uma, 37 lingotes de um quilo e 5 mil pequenas peças, precisa a publicação "La Dépêche".
O antigo dono os tinha comprado legalmente durante os anos 50 e 60 e tinha certificados de autenticidade, acrescentou o mesmo meio.

***Mulher compra bilhete de loteria para ensinar marido a perder...mas ganha US$ 1 milhão

Buddy Blackwell é um norte-americano que vive na Carolina do Norte e que adora comprar bilhetes de loteria para fazer uma fezinha. Sabe como é, nunca se sabe quando a sorte vai bater na sua porta. O problema é que a mulher dele, Glenda, achava que isso era uma perda de tempo e dinheiro.
Por isso, da última vez que Buddy pediu para ela comprar um bilhete da Powerball, uma das principais loterias do país, Glenda decidiu pegar apenas uma raspadinha. A ideia dela era provar que a sorte nem sempre está por perto e dar uma lição no marido. Mas a ideia dela deu errado. Acho que nunca alguém comemorou tanto com um plano furado. Isso porque a raspadinha era premiada. O casal acabou ganhando US$ 1 milhão (cerca de R$ 3,1 milhões).
"Tive de engolir minhas palavras. Mas nunca havia engolido palavras tão gostosas", brincou Glenda em entrevista ao canal de TV WLOS
Dia de sorte: ele foi reformar a casa e achou mala cheia de dinheiro
Às vezes, o grande tesouro que a gente procura na vida está bem debaixo no nosso nariz. Não estou falando de família, amigos, bichos ou qualquer coisa do tipo, mas de algo, digamos, de valor mais concreto: dinheiro! Esta é a história de um sujeito de 35 anos, que não quis ter seu nome revelado, mas que encontrou muita grana escondida no porão de sua casa.
O rapaz contou o ocorrido em uma rede social na internet e teve a história replicada por vários veículos de comunicação, como o jornal britânico "Mirror". Já faz alguns anos que ele e sua família compraram uma casa construída nos anos 40.
Recentemente, ele decidiu reformar a residência. Começou pelo segundo andar, passou para o primeiro e, quando chegou ao porão, veio a surpresa. Lá, ele encontrou uma maleta verde, antiga e puída, escondida embaixo de folhas de papel e de jornais antigos.
Dentro da mala, estavam guardados US$ 23 mil (cerca de R$ 73 mil) em notas de US$ 20, US$ 50 e US$ 100. Bela grana, não? Pois o tesouro pode valer ainda muito mais, já que algumas das notas encontradas são extremamente raras.
O homem do tesouro já contratou um advogado para entender como deve proceder. Ele espera usar o dinheiro para pagar o financiamento da casa onde encontrou a mala de dinheiro. Nada mais justo!

Postado por: Fernanda Vargas
Data: 25/11/2016